mmkm
(31) 3657-2997

Concurso Cidade Administrativa da PBH

Concurso Cidade Administrativa da PBH

Confrontando-se a porção de terreno utilizável, as demandas estipuladas no Programa de Necessidades e as características arquitetônico/urbanísticas do entorno, concluiu-se pela necessidade de se encontrar uma solução verticalizada, que qualificasse a região, mas que não se colocasse muito acima das altimetrias circundantes.

Considerando as informações constantes no Termo de Referência, a bibliografia pertinente e a observação presencial da área de intervenção, os principais fatores intervenientes na solução seriam: - A simplicidade técnica e construtiva apoiada em tecnologia industrializada, para enfrentar as dificuldades de se operacionalizar um canteiro de obras no centro da cidade, num empreendimento de grande porte; - a necessidade de se qualificar ambientalmente a região na escala humana, favorecer a circulação dos pedestres e chamar as edificações tombadas para protagonizar a nova cena urbana;

– a viabilização de um “verde criado”, não limitado ao rés do chão, mas se multiplicando edificação acima, favorecendo a ambientação e qualificando a paisagem;

– a criação de espaços contínuos e flexíveis, a serem configurados e reconfigurados em sintonia com a dinâmica do desenvolvimento institucional da PBH;

– a utilização de materiais e componentes industrializados – ou usináveis – de tecnologia aberta e fácil montagem, para assegurar a multiplicidade de fornecedores, com impacto positivo nos custos e na economia regional;

– a diferenciação perceptiva da edificação, para que ela marcasse uma camada contemporânea no tecido urbano, explicitando suas bases sustentáveis e tecnológicas.

Ano: 2014
Autores: MMKM + Maria Lúcia Malard
Equipe: Leonardo Sommerlatte, Marina Vasconcellos, Haiko Cirne (arquitetos) Antônio Hoyuela (Paisagismo), Paula Machado Engenharia (estrutura), Marco Antônio Vecci.(projeto acústico
Localização: Belo Horizonte, MG

© mmkm. Todos os direitos reservados.